Remédio para Infecção urinária

A infecção urinária é uma doença comum, que atinge principalmente as mulheres, mas pode estar presente também em homens! Por vezes ela é silenciosa, e outras vezes é manifestada com sinais mais graves, como sangramento.

Em nosso artigo de hoje você vai saber tudo sobre a infecção urinária, sobre o tratamento, e mais. Confira.

Remédio para Infecção Urinária - Causas e Tratamento

O que é infecção urinária?

A infecção de trato urinário (ITU) é popularmente conhecida como infecção urinária. Trata-se de um quadro de origem infecciosa que atinge qualquer parte do nosso sistema urinário, como os rins, bexiga, uretra e ureteres.

O mais comum é que a infecção atinja toda a parte inferior do trato urinário.

Estima-se que cerca de 30% das mulheres vão apresentar o quadro uma vez na vida, seja na forma leve ou na forma grave. Segundo pesquisas as mulheres tem 50% de chances a mais do que os homens de ter o problema.

O que pode ser ?

A infecção urinária pode ser diversas coisas, e vir de diversos quadros.

  • Gravidez: As mulheres tem grandes chances de ter infecções recorrentes durante a gravidez, isso deve acontecer por conta das alterações fisiológicas das vias urinárias na gravidez. Nas gestantes a infecção pode vir acompanhada de dor em baixo do ventre,  assim como dores para urinar, podendo até mesmo trazer dificuldades respiratórias;
  • Cistite: Temos uma infecção bacteriana na bexiga ou mesmo no trato urinário inferior. Na grande parte dos casos isso acontece por uma bactéria que veio do trato gastrointestinal. A relação sexual pode ser uma das causas da cistite, e as mulheres tem mais chance pela anatomia do corpo;
  • Uretrite: Nesse caso temos uma inflamação ou infecção na uretra! A uretra é o canal responsável por transportar urina da bexiga para fora do corpo, e dessa forma as uretrites são decorrentes também de bactérias do trato gastrointestinal;
  • Pielonefrite: Aqui temos uma infecção no trato urinário que pode acontecer na uretra ou mesmo na bexiga, podendo transitar inclusive, entre um e outro. Senão tratado de forma correta, pode prejudicar bastante os rins, ou mesmo ter acesso a corrente sanguínea e causar efeitos graves e fatais;
  • Infecção nos ureteres: Essa infecção acontece nos canais que levam a urina dos rins até a bexiga.

As causas são muitas! E uma delas pode ser até a forma anatômica de algumas mulheres, isso porque as infecções podem estar mais presentes em pessoas com uretra menor.

Ou seja, o sistema reprodutor feminino por si só apresenta essa característica, fazendo com que a bactéria tenha um acesso mais rápido para chegar a bexiga.

Quem teve vida sexual ativa também pode ter maiores chances de desenvolver infecção urinária, especialmente relações vaginais.

Alguns contraceptivos também podem ser considerados uma das causas para a infecção urinária. Depois da menopausa as infecções podem acontecer com maior frequência, já que há uma baixa no estrogênio, deixando o trato urinário mais vulnerável para ação de bactérias.

Bloqueios no trato urinário também pode ser um grande fator de risco, esses bloqueios são as pedras nos rins e o aumento da próstata.

Ter o sistema imunológico “deficiente’’ também pode fazer com que as bactérias consigam ter um maior acesso ao nosso corpo, assim, causando infecção.

Como relatamos no começo do artigo, nem sempre os sintomas aparecem mas há alguns mais comuns, como:

  • Ardência ao urinar;
  • Necessidade de urinar mesmo depois de voltar do banheiro;
  • Urina escura;
  • Urina com mau cheiro;
  • Urina com sangue;
  • Dor pélvica;
  • Dor no reto;
  • Aumento da frequência de urina;
  • Incontinência urinária.

É grave?

Quanto a gravidade da infecção urinária, depende! Como vimos há diversas formas da infecção se manifestar, e é por isso que qualquer sinal é importante ir até o médico.

Somente exames específicos vão fazer o médico entender o que está acontecendo e te passar o tratamento correto! Por vezes, a infecção não começa de forma grave, mas vai se agravando com o passar do tempo, chegando até mesmo há algo fatal.

Não pela infecção urinária em si, mas pelas complicações, e consequências secundárias que ela pode trazer, por isso é importante estar sempre atento.

Como aliviar a dor?

Se a sua infecção urinária vir acompanhada de dor, o ideal é beber bastante água, isso vai fazer com que a urina se dilua ao máximo, e tantas idas ao banheiro pode fazer com que a bactéria seja expelida do seu corpo.

Portanto, deixe sempre uma garrafinha de água perto de você, e vá bebendo o máximo que conseguir! Também faça isso em um ambiente onde você tenha fácil acesso ao banheiro.

Para aliviar a dor você deve cortar algumas bebidas, como cafés, ou outras bebidas com cafeínas, cítricos e até as bebidas alcoólicas, o consumo dessas bebidas podem aumentar ainda mais sua dor, pois causam irritação na bexiga.

E por fim, outra forma eficaz de aliviar a dor que a infecção urinária pode causar, é aplicando bolsa de água morna na região do abdômen, isso vai fazer com que o desconforto seja minimizado! Assim, você vai sentir – se mais aliviada.

Remédios caseiros para infecção urinária

Há diversos remédios caseiros que você pode manipular para a infecção urinária, entre eles temos:

Uva ursina

Uva Ursina - Remédio para Infecção Urinária

A uva ursina é um antisséptico e também um diurético, e quando misturado com outros ingredientes podem trazer grandes benefícios. Como por exemplo, com a equinácea que tem ação antibiótica, fortalecendo o sistema imunológico, além disso temos o hidrastre, que vai atua como anti – inflamatório.

Para fazer a combinação você vai precisar,

  • 30 ml de extrato de uva – ursina;
  • 15 ml de extrato de equinácea;
  • 15 ml de extrato de hidraste.

Para fazer você vai precisar misturar todos esses extratos, e os colocar em um frasco, agitando para que seja possível ser bem diluído!

Depois de pronto, dilua uma colher de chá desse xarope em um pouquinho de água morna, e beba em seguida. Totalize durante o dia 4 colhares dessa combinação.

A receita não é indicada para mulheres grávidas.

Suco de arando Silvestre

Arando Silvestre - Remédio para Infecção Urinária

Outra forma de remédio caseiro é o suco de arando Silvestre, que é uma ótima opção para a infecção urinária, a receita conta com alta concentração de proantocianidinas que vão atuar para dificultar a aderência da bactéria.

Os ingredientes são:

  • 250 gramas de arando;
  • 1 copo de água.

Você deve tomar até 4 copos dessa receita todos os dias, enquanto os sintomas estiverem presentes.

Medicamentos para infecção urinária

Há também os medicamentos para a infecção urinária que podem ser receitados somente por um médico, e que vai depender da gravidade da infecção, por isso a importância de procurar um profissional especializado.

Além disso o médico pode receitar analgésicos para atuar na dor, e na ardência.

Os medicamentos mais usados para casos de infecção urinária são: Amicacina, Amoxilina, Bactrim, Ceclor, Cefaclor, Cipro, Clocef, Cystex e outros.

Lembrando que todos esses remédios só podem ser comprados com receita médica, então, por mais que tenha algum desses de receita anterior, não se auto – medique. O médico é o único que vai passar com propriedade a dosagem correta, e a duração do tratamento.

Cristais na Urina

A presença de cristais na urina tem sido cada vez mais comum.

Isto devido ao estilo de vida do ser humano que vai mudando e por vezes piorando dia após dia.

A ingestão de alguns alimentos, abusos nas bebidas, comidas rápidas e outros alimentos fazem com que algumas partes do nosso corpo comecem a falhar e uma das quais costuma apresentar mais falência é os rins.

Se estiver desconfiada de que apresenta essas cristais é melhor estar alerta pois é sinal de que algo no seu corpo não está funcionando como devia.

Neste artigo vamos mostrar o que são, os sintomas e ainda como tratar, ou pelo menos mostrar como deve procurar tratamento.

Queremos avisar desde já que não se precisa preocupar pois não é um problema grave.

Com acompanhamento, tratamento  e algum esforço é resolvido facilmente.


O que são cristais na urina

Antes de começar a ver como tratar este problema é importante saber o que é e como se forma.

Os cristais na urina são nada mais nada menos que restos de resíduos deixados pela urina.

A urina é formada por vários compostos, e um deles são pequenos cristais dificilmente identificáveis através de qualquer tipo de exames.

Esses cristais têm tendência a ficarem cada vez maiores até formarem blocos de cristal maiores.

Quando eles crescem é recomendado que se comece a analisar o problema e se comece a tomar medidas para um tratamento.

Apenas para ter uma pequena ideia…

A urina é composta por ácido rico e nitrogénio que se não forem “digeridos” corretamente simplesmente solidificam e formam cristais.

Uma maneira de prevenir a solidificação desses componentes químicos é manter-se hidratada, mas vamos falar logo abaixo de como prevenir e tratar os cristais na urina.


Sintomas dos cristais na urina

Uma das coisas que mais confunde as pessoas são os sintomas dos cristais na urina.

Muita gente pensa que a formação desses cristais implica algum tipo de dor ou desconforto na uretra ou em qualquer outra parte do sistema urinário, mas isso está completamente errado.

A maneira correta de ver se sofre com esta condição é analisar a cor da sua urina.

Se verificar que ela está ficando mais escura ou mais clara que o normal tem de começar a ter em atenção.

A cor normal da urina é amarelo transparente.

Logo abaixo vamos mostrar quais as cores mais frequentes e como tratar o problema de acordo com a cor.


Cor normal da urina e tratamento associado

Para facilitar um pouco a explicação sobre a cor que a urina deve ter para ser saudável, e prevenir que ela forme cristais de ácido úrico ou cristais de oxalato de cálcio, decidimos publicar uma pequena ilustração.

O que significa a cor da urina
O que significa a cor da urina

Uma das cores mais preocupantes da imagem, e que está relacionada com a formação de cristais na urina, é a “espuma ou efervescente“.

Essa cor indica que está ingerindo demasiadas proteínas ou que tem um problema renal.

Caso esteja a ingerir demasiadas proteínas elas vão acabar por não serem todas digeridas corretamente nem filtradas na urina.

Quando elas não são filtradas acabam por ficar no sistema urinário, secando e solidificando, levando assim ao aparecimento de vários cristais.

Quando ao problema renal é simples…

Os seus rins simplesmente não estão funcionando e não estão conseguindo filtrar todas as partículas constituintes da urina, levando assim à formação de cristais de ácido rico na urina ou cristais de oxalato de cálcio na urina.

As restantes cores não estão directamente associadas à presença de cristais na urina, mas recomendamos que verifique todas elas e que compare com a sua cor para proceder ao tratamento.

O tratamento para a maioria delas também está na imagem, são coisas simples no nosso dia a dia que pode melhorar muito a saúde dos nossos rins.


Cristais de ácido úrico na urina

Falamos acima deste tipo de cristais na urina por isso decidimos abrir um pouco o tópico e explicar o que são e como se formam.

Basicamente existe a formação desta substância quando existe demasiado ácido úrico na urina.

Essa formação excessiva pode levar a várias complicações de saúde, uma das mais graves é a formação de pedra nos rins e artrite.

Um dos tratamentos mais recomendados simplesmente moderar na alimentação.

Os salgados são o pior inimigo do nosso corpo e os alimentos que tenham muito sal devem ser colocados de parte na maioria das vezes.

Para facilitar um a sua escolha na alimentação vamos deixar abaixo alguns alimentos a evitar:

  • Fígado;
  • Todo o tipo de marisco;
  • Peixe de água salgada;
  • Camarão;
  • Cogumelos;
  • Feijões de todas as qualidades;
  • Ervilhas;
  • Ananás/Abacaxi;
  • Abacate.

Se consome alguns desses alimentos diariamente é altamente recomendável que pare de imediato.

Pode consumir, mas com moderação.

Agora que já sabe o que são cristais de ácido úrico na urina e como tratar e prevenir o seu aparecimento podemos avançar para o próximo tipo relacionado.


Cristais de oxalato de cálcio na urina

Este tipo de cristais também foi referido acima.

São dos menos preocupantes de todos e é normal estarem presentes em vários testes laboratoriais.

Se viu a sua presença em algum exame não se preocupe pois apenas estão lá como referência e não porque são nocivos para a saúde.

Eles são formados com a ajuda das células epiteliais e pelas glândulas e a maioria dos profissionais até os classificam como “sem significado“.


Dicas para tratar os cristais na urina

Ao longo deste artigo foram dadas várias dicas de como tratar esse problema.

Mesmo assim vamos deixar algumas dicas simples e rápidas para prevenir o seu aparecimento e para tratar caso já esteja aparecendo.

  1. Mantenha-se muito bem hidratada;
  2. Evite a todo o custo alimentos ricos em proteína, pelo menos em grandes quantidades;
  3. Deixe o sal de lado, nem que seja em apenas algumas refeições:
  4. Evite suplementos alimentares com proteína;
  5. Dê preferência ao cálcio;
  6. Ingira fruta ou outros alimentos que sejam ricos em Vitamina C, tal como as laranjas;
  7. Coma muitas cerejas, elas são ótimas para evitar a cristalização na urina!

Esperamos ter esclarecido todas as suas dúvidas!

Links úteis:

<< Voltar para o inicio