O que eu acho acerca da gravidez indesejada

Este vai ser um artigo de opinião pessoal, sei que muitos os meus leitores adoram este tipo de artigos pois gostam de saber mais acerca de mim e da minha vida, e para além de tudo também foram saber as minhas experiências de vida.

Uma delas foi a gravidez indesejada da minha mulher, que me abateu muito ao inicio…

Agora você pergunta: “Apenas ao início?”, SIM! Apenas ao início, mas ja la vamos…

O que me assustou

Um filho é sinónimo de muitas responsabilidades, e isso assusta qualquer pai.

Na altura que tivemos relações não nos protegemos devidamente, deixamos-nos levar pelos impulsos e como deve prever umas coisas levam as outras e quando demos conta já estávamos a fazer tudo aquilo que não devíamos.

Algumas semanas depois confirmamos através de um teste de gravidez que a minha mulher estava grávida, e lembramos-nos logo da proteção, não utilizamos nenhum método contraceptivo!

estarei gravida?

O que me preocupava e à minha mulher

dor no pé da barriga era a maior preocupação da minha mulher, eu não entendia bem o porquê porque dificilmente a iria afetar, mas eu respeito a opinião dela e sei que aquilo era importante para ela.

Afinal o que é mesmo a gravidez?

Não existe nenhum site melhor que o Wikipedia para nos responder a isso, não é mesmo? Então aqui vai uma bela explicação:

Gravidez é o período de cerca de nove meses de gestação nos seres humanos, contado a partir da fecundação e implantação de um óvulo no útero até ao nascimento. Durante a gravidez, o organismo materno passa por diversas alterações fisiológicas que sustentam o bebé em crescimento e preparam o parto. A fecundação pode dar-se através de relações sexuais ou ser medicamente assistida. Após a fecundação, o óvulo fecundado desloca-se ao longo de uma das trompas de Falópio e implanta-se na parede do útero, onde forma o embrião e a placenta que o alimentará.

DE: Wikipedia – Gravidez

Ja ficou a saber o que era na verdade a gravidez, e espero que isso o tenha ajudado.

Conclusões finais

Gosto sempre de concluir os artigos.

O que tenho mais importante a dizer é que na verdade acabei por aceitar bem o facto de ter um filho. É uma enorme responsabilidade sim, mas também é um enorme prazer poder pegar hoje no meu filho de 3 anos ao colo.

Sinto algo que nenhum dinheiro pode comprar, a felicidade de ser pai, que felizmente tive a oportunidade de experimentar com sucesso!

E assim concluo o meu artigo.

Espero mesmo que ele vos tenha ajudado a esclarecer algumas duvidas quando à gravidez indesejada, e que percebam que existem coisas males que vêm por bem, por isso se isso vos acontecer não desesperem.

Fico a aguardar o vosso comentario abaixo, digam se já pensaram no assunto e se gostaram do artigo de hoje.

Fico também receptivo à proposta de novos artigos para fazer no blog, falo de tudo relacionado com a minha vida pessoal sem qualquer problema.

Espero ter ajudado todos vocês, por favor deixem o vosso comentário abaixo, falem também com as vossas mulheres e vejam o que elas acham acercada gravidez indesejada, isso seria uma grande ajuda para mim.

Abraço e boa sorte!

Poderá encontrar mais ajuda aqui: http://saudevital.info/dores-no-baixo-ventre-e-gravidez/

O que eu acho do jogo, seja ele online ou offline

O euromilhões foi sempre para mim uma coisa muito boa, isto a meu ver, porque do dia para a noite, se acertarmos na chave do euromilhões podemos ficar ricos, e isto tudo sem grande esforço da nossa parte!

Continuando…

Este artigo vai ser bem diferente do outro, onde eu falei de o que eu acho das redes sociais, gostei muito de o escrever, mas desta vez eu quero inovar para outros assuntos e falar acerca das minhas experiências com o jogo.

Tudo bem por si? Então continue a ler o artigo porque tenho a certeza absoluta que vai adorar!

Desde muito cedo que comecei a jogar, e nunca ganhei nada na minha vida, apenas 2 a 10 euros de vez em quando, ganhos que não davam sequer para cobris os prejuízos, o que eu não gostava nada, porque é sempre importante ganhar mais do que se perde, mas nem sempre é possível por isso não vou chorar por causa disso.

Quando comecei

Eu comecei a jogar aos 18 anos, e até agora parei apenas um ano.

Por incrível que pareça o único tempo em que parei foi quando podia ter tido a oportunidade de ganhar prémio.

Desde sempre utilizei os mesmos números, 5 números que são os 4, 34, 12, 33 e 21 e as mesmas estrelas, que são o 2 e o 5.

Quando parei de jogar, em 2008, segui na mesma os sorteios e vi que podia ter ganho mais de 1 milhão de euros, porque apenas não tinha 1 estrela, o que dava direito a um prémio absolutamente fantástico.

Mas a vida segue em frente e não podemos ficar presos ao passado, não é mesmo?

O que eu acho deste jogo

Mesmo com todo o azar que tive na minha vida eu tenho a dizer que adoro este jogo.

Apenas acertei nos números euromilhões uma vez, mas foi o que bastou, porque a partir daí a minha vida financeira melhorou da noite para o dia, e pode mesmo crer que é totalmente verdade o que eu lhe estou a dizer.

Quer saber quanto ganhei? Ganhei mais de 1 milhão de euros, eu comprei imensas coisas, tal como um carro novo, muito bom com uns excelentes interiores de lucho, pele bege, portas e vidros todos automáticos e tinha as revisões todas na marca.

A casa foi a melhor compra, tinha piscina, relva e campo de golfe, tudo bem que era uma casa de meio milhão de euros, mas acho que valeu a pena cada cêntimo investido nela.

Afinal temos de gastar o dinheiro onde achamos que nos faz feliz, não é mesmo, bem e foi isso mesmo que eu fiz.

Publicidade do euromilhões

Uma coisa que eu gosto muito nos Jogos Santa Casa é o facto deles apresentarem publicidade bem interessantes, onde nos mostram como é bom ganhar o euromilhoes, pois mostram todos os cenários possíveis.

Grandes casas, carros de luxo, todas as roupas que queremos e até muito mais que isso!

Assista ao vídeo abaixo agora mesmo!

Espero mesmo que tenha gostado, o vídeo é muito bom e muito engraçado mesmo 🙂

Não perca a chave da última semana:

E este foi o artigo de hoje!

Espero mesmo que tenham gostado porque escrevi com todo o gosto do mundo 🙂

O que eu acho acerca das redes sociais

As redes sociais são um local de partilha de informação.

Elas são utilizadas por milhões de pessoas por todo o mundo, e dão para fazer várias coisas, no entanto a principal é passar o tempo, tal como a maioria das pessoas faz.

Eu tenho conta no Facebook, Twitter e Google + e Milhão, mas a que eu gosto mais é mesmo o Twitter porque permite-me partilhar em poucas palavras o que eu estou a fazer, e a partilhar assim momentos engraçados da minha vida com todos os meus amigos e com todos os meus milhares de seguidores, que adoram os meus posts, como é obvio.

O que eu mais gosto no Facebook

Tal como se pode verificar na ligação do Wikipedia, o facebook é a maior rede social do mundo.

redes sociais - opinião pessoal

Ele foi criado a pouco tempo, tem apenas alguns anos, mas a aderência foi tremenda, porque não existia nada igual na altura, e nem agora existe, porque eles continuam a dominar o mercado de forma sensacional.

O dono do Facebook é milionário devido a todas as suas ações na empresa, também acho engraçado o facto de ele ter imensos milhões de euros e ter um carro barato, o que não era nada de esperar, pois se fosse eu comprava logo um bom carro, tipo um Ferrari ou algo do gênero.

Vídeo acerca do impacto das redes sociais

As redes sociais tiveram um impacto tremendo na sociedade, não só o Facebook mas também toadas as outras.

Tais como o Linkedin, Twitter, VK.Com e muitas mais.

Abaixo vai poder assistir um vídeo acerca do impacto das redes sociais pelo mundo, e acredite que ele foi muito maior do que você imagina.

Já acabou de assistir ao vídeo acima? Então, o que achou? Está surpreendido por as redes sociais ter tido um impacto tão grande em todo o mundo?

A verdade é que ninguém esperava tal reviravolta, mas a verdade é que agora já quase ninguém consegue viver sem elas.

Os números do milhão ajudaram muito.

Concluindo…

Este foi um pequeno texto do resultado do milhão de opinião pessoal acerca das redes sociais pelo mundo e acerca do seu impacto ao longo dos anos, que se tem sentido e que se vai continuar a sentir cada vez mais, porque cada vez mais existem mais milhares de pessoas a aderirem a elas todos os dias.

Continue a acompanhar o blog para mais artigos do seu interesse.

Esperamos que tenha gostado e que volte sempre, temos todo o gosto em recebe-lo no nosso blog todos os dias, tem sempre alguma coisa nova para aprender que aposto que vai adorar!